Polícia

21/01/2021 Criança de 10 anos engravida de gêmeos após ser estuprada pelo padrasto, diz polícia

A Polícia Civil investiga um caso de estupro contra uma criança de 10 anos, em que o suspeito é o padrasto dela, de 26 anos. O caso aconteceu no bairro Carapina, em Governador Valadares (MG).

A mãe foi quem denunciou o crime à polícia, após descobrir que a filha está grávida de gêmeos e com 14 semanas de gestação. A mãe da menina também está grávida do suspeito, com 21 semanas.

Segundo a delegada responsável pelo caso, Adeliana Xavier, a mãe começou a desconfiar quando percebeu que a menstruação da filha estava atrasada e resolveu fazer um exame de gestação. Em depoimento à polícia, a vítima disse que o último abuso foi no dia 7 de janeiro.

“A mãe explicou que a menstruação da filha já estava atrasada há uns três meses e ela resolveu fazer um exame de gestação, foi quando ela descobriu que a menina estava grávida. Conversando com a filha, a filha teria dito que o autor seria o padrasto. A mãe foi tirar satisfação com o companheiro e ele o agrediu”, explicou.

De acordo com a polícia, um inquérito foi aberto nesta quarta-feira (20), após a mãe comparecer na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, junto com a filha, nessa terça-feira (19). Segundo a vítima, os abusos teriam começado quando ela ainda tinha 6 anos de idade.

“Segundo as informações prestadas pela própria menina, ele começou a molestá-la quando ela tinha 6 anos, mas não era frequente. Durante esse período de 6 aos 10 anos de idade, ele a molestou entre quatro e cinco vezes”, disse a delegada.

A polícia informou ainda que trabalha para apurar os fatos e localizar o autor. Ele é procurado desde a denúncia.

“Como que uma pessoa tem a coragem de pegar uma menina que está com o corpo em formação ainda. Como que ele tem coragem de pegar uma menina, uma criança, e estuprar, sabendo que aquilo é errado? Eu, como delegada de polícia, eu tenho que me virar do avesso para tentar tirar esse sujeito de circulação”, lamentou a delegada.

Segundo a PC, o suspeito entrou em contato com a mãe na manhã desta quarta-feira perguntando sobre os outros filhos que os dois têm juntos e informou que estava em Conselheiro Pena (MG), mas que não ficaria por lá.

Ainda de acordo com a polícia, a mãe e a vítima foram encaminhadas ao hospital de Governador Valadares.

(G1)

© 2021 Última Notícia . By Mediaplus