Polícia

02/10/2020 Impedido de assistir a filmes pornôs, filho enforca a mãe

A Polícia Militar foi acionada na noite dessa quarta-feira (30) para resolver um conflito familiar que surgiu em uma situação inusitada, no bairro Vale do Sol II, periferia de Governador Valadares. Um homem de 25 anos agrediu fisicamente a própria mãe e tentou enforcá-la, depois de ser impedido por ela de assistir a filmes pornôs em um site adulto, acessados no celular de sua mãe.

A mulher agredida, de 41 anos, ficou muito irritada quando viu o filho assistindo a filmes pornográficos em seu celular. Chamou a atenção dele, dizendo que não deveria ver aquele tipo filme em seu aparelho. E pediu para que ele saísse do site e entregasse imediatamente o aparelho a ela.

O filho não gostou de ser advertido pela mãe e partiu para as agressões verbais, xingando e falando vários palavrões. Nervoso, foi à cozinha e pegou uma escumadeira para agredi-la. Disse a ela que iria pegar um revólver e dar um tiro nela. Na sequência, agrediu a mulher com um chute no abdômen. Caída, a mãe foi presa fácil para o filho, que partiu pra cima e tentou enforcá-la.

Por pouco a mulher não morreu por asfixia. Foi salva pelo marido, que conteve o enteado. A mulher, então, pegou o aparelho que gerou a desavença e ligou para a Polícia Militar, que levou o agressor para a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM).

Na delegacia, a mãe disse que o filho nunca havia a agredido fisicamente, mas era reincidente em xingamentos. As agressões ocorreram, segundo ela, porque o filho chegou em casa bêbado e drogado e acessou os sites adultos no celular dela. O rapaz foi preso e passará por uma audiência de custódia.

(EM)

© 2021 Última Notícia . By Mediaplus