Viagem & Gastronomia

01/09/2018 Conheça o Santuário Nossa Senhora da Piedade, em Caeté

No alto da Serra da Piedade, a 48 quilometros de Belo Horizonte, está o Santuário Nossa Senhora da Piedade. O lugar de rara beleza localiza-se num dos picos mais elevados da cordilheira do Espinhaço, no município de Caeté, divisa com Sabará.

Num cenário de natureza exuberante, a 1.746 metros de altitude, é possível avistar as cidades mais próximas: Belo Horizonte, Caeté, Lagoa Santa, Raposos e Sabará.

Um dos principais pontos turísticos de Minas Gerais, o Santuário recebe milhares de visitantes durante todo o ano e conta com excelente infraestrutura que vai além dos atrativos religiosos.

O que você vai encontrar no Santuário Nossa Senhora da Piedade

A Ermida da Padroeira

Erguida no ponto mais alto da serra está a principal atração, a Basílica da Piedade – Ermida da Padroeira de Minas. Lá encontra-se a imagem de Nossa Senhora da Piedade, padroeira de Minas Gerais, atribuída a Aleijadinho.

Ladeando a construção encontram-se dois pequenos corredores, espaços antigamente destinados à pousada dos romeiros. Hoje, estes corredores laterais abrigam a Capela do Sagrado Coração de Jesus e a Capela do Santíssimo Sacramento ou de São José. Nelas, situam-se painéis azulejares com pinturas figurativas datados de 1996, concebidos pela artista plástica Maria Helena Andrés e executados em azulejos por Gianfranco Cavedone Cerri.

Em 2017, recebeu do papa Francisco o título de Basílica da Piedade, a menor basílica do mundo.

Basílica Estadual das Romarias

A Basílica Estadual das Romarias foi edificada a partir de 1974, com projeto do arquiteto carioca Alcides da Rocha Miranda. A concepção do edifício insere-se no domínio da arquitetura “moderna”, que se caracterizou pela utilização do concreto puro aparente moldado, articulado com outros materiais. A Basílica revela uma rica simbologia, traduzida não apenas no edifício, mas em sua ornamentação interna, com os murais de cerâmica fosca que revestem as paredes baseados em temas bíblicos, abordados no Evangelho de Lucas, e executados pelo artista plástico Cláudio Pastro, em 1989.

À esquerda do altar, encontra-se a imagem de Nossa Senhora da Piedade, confeccionada em 1998, pelo artista plástico Léo Santana. A imagem, apesar de suas características particulares, faz referência a Pietá, do Mestre Francisco Lisboa, o Aleijadinho, que está na Ermida do Santuário, Basílica da Piedade.

Espaço para Exposições

A Basílica Estadual das Romarias abriga, em seu saguão de entrada, espaço dedicado a exposição fotográfica com o histórico do Santuário Basílica Nossa Senhora da Piedade. O espaço também pode ser utilizado para outras mostras ou exposições.

Caminho das Dores de Maria

O Caminho das Dores da Mãe da Piedade é um “jardim de espiritualidade” que contribui para os momentos de oração na Casa da Padroeira de Minas Gerais.
O Caminho reúne mosaicos que retratam sete momentos da vida de Maria, narrados na Bíblia. A via contribui para que todos reconheçam o sentido de peregrinar.

Via Sacra

Os visitantes que quiserem vivenciar os Passos da Paixão de Cristo encontram duas opções de Via-Sacra. Há um percurso mais longo, na estrada vicinal que dá acesso ao Santuário. E um mais curto próximo à Ermida e ao Calvário.

Percurso longo
Os Passos da Paixão de Cristo são representados em um conjunto de 15 painéis azulejares que revestem pilares de alvenaria de pedra. Os pedestais tiveram a disposição concebida pela arquiteta Ana Schimidt, que se serviu do modelo da Via-Sacra existente no Santuário Arquidiocesano de Adoração Perpétua – Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem.

Percurso curto
Início na Basílica Estadual das Romarias (na Praça Alcides da Rocha Miranda) até a Basílica da Piedade (na Praça Cardeal Mota).

Calvário

Diante da fachada frontal da Ermida, avista-se as esculturas do Calvário, moldadas em ferro nodular, executadas por Vlad Eugen Poenaru, pesando cerca de uma tonelada cada. A escultura é composta, ao centro, por uma grande cruz, à qual se prende a imagem de Cristo, tendo à sua direita a Virgem Maria e à sua esquerda, São João.

Cripta São José

Interligada à Casa dos Peregrinos, a Cripta atende aos grupos que se reúnem para fazer retiros e também possui um acesso externo. Na Cripta, estão sepultados frei Rosário Jofylly e padre Virgílio Resi, grandes ícones na história do Santuário Nossa Senhora da Piedade.

Espaço Dom João Resende Costa – restaurante

As refeições no Santuário Basílica podem ser realizadas no Espaço Dom João Resende Costa, contemplando a maravilhosa vista da serra da Piedade, que impressiona durante o dia, no pôr do sol e também à noite.

Você poderá se deliciar com deliciosas receitas mineiras e uma rica mesa de sobremesas. No espaço também é serviço o café colonial com receitas tradicionais de quitandas, doces e salgados da Minas Colonial.

Espaço Padre Virgílio Resi – cafeteria/lanchonete

O Santuário Basílica Nossa Senhora da Piedade possui um espaço de convivência acolhedor para receber os peregrinos. No Espaço Café, os romeiros saboreiam um delicioso café pela manhã e um especial lanche da tarde. Durante os dias de semana o almoço é servido nesse espaço.

No local há também uma loja onde os visitantes encontram uma variedade de artigos religiosos, artesanato e mimos com a bênção de Nossa Senhora da Piedade.

Dica: Leve um agasalho. Devido a altitude a temperatura lá em cima é bem amena. Nos dias mais frios esteja muito bem agasalhado, o forte vento deixa a sensação térmica ainda mais baixa.

Confira mais imagens do Santuário:

© 2015 Tv Última Notícia . By Mediaplus