Opinião

26/06/2015 Mato, buraco, sujeira e omissão

A Prefeitura precisa dar o exemplo de limpeza nos seus prédios para que o cidadão também se responsabilize por aqueles de sua propriedade

Estamos na metade do ano e pelo visto nossa querida João Monlevade vai continuar no mesmo abandono do ano passado. Basta parar numa esquina que você ouve da população uma só reclamação, que a cidade está suja, cheio de mato e abandonada. Isso sem falar em obras mal feitas ou interminadas espalhadas pelos quatro cantos do município.
 
O desperdício de dinheiro público torna-se visível a quem quiser. Somados a isso tudo ainda são encontrados buracos em ruas recém-asfaltadas e o velho problema da cratera que se abriu com a chuva (há um ano e meio) no bairro Areia Preta.
 
O descaso com as vias publicas de João Monlevade
O descaso com as vias publicas de João Monlevade

Total descaso, má gestão do dinheiro público e falta de fiscalização. Todos estes argumentos podem justificar o abandono de João Monlevade. A cidade enfrenta realmente uma situação deplorável e que precisa ser urgentemente revertida. A culpa não é só da administração pública. É de todos. É dos mal educados que insistem jogar lixo nas ruas, é dos vereadores que ficam omissos nas fiscalizações das obras e também de muitas empresas que não honraram o dinheiro público e executam os serviços a toque de caixa.

 
A Prefeitura precisa dar o exemplo de limpeza nos seus prédios para que o cidadão também se responsabilize por aqueles de sua propriedade. Como cobrar de um morador que o seu terreno esteja limpo, roçado, se nem os logradouros públicos estão?
 
Depois que os prédios públicos estiverem em perfeito estado de conservação, vai ficar mais fácil para a administração municipal cobrar da sociedade com mais seriedade, usando inclusive a multa em casos extremos. Ninguém gosta de ver sua cidade suja e cheia de mato, portanto todos devem estar conscientes da necessidade de cuidar do que é seu.
 
Vamos exercer nosso direito de cidadão. Cobrar sim, mas dar o exemplo é essencial.
© 2015 Tv Última Notícia . By Mediaplus